terça-feira, 27 de abril de 2010

As aves que aqui gorjeiam

Bom depois de muito tempo...estou de volta! Tava tudo meio conturbado ultimamente, muitas coisas pra fazer, viagens, provas, eventos, enfim...
Mas em breve postarei sobre tudo isso com mais detalhes e com direito a uma tentativa não sei se bem sucedida de uma pseudo "reportagem" sobre um lugar que fui.

Mas mudando de assunto vamos ao post de hoje que já era pra ter sido escrito e postado faz tempo.

Ah o fim do ano!que época maravilhosa...quer dizer não só o fim do ano mas também todos os feriados, pois é neles que eu posso dar uma escapadinha da loucura de São Paulo e ir passar uns dias na praia, na casa do meu Tio. Como é bom ir para lá, esquecer que tenho provas para estudar, trabalhos para entregar, e tantas outras coisas que fazem parte , creio eu, do cotidiano da maioria das pessoas.
Tudo bem que as minhas várias idas à praia também viraram "cotidiano" mas enfim esse é um cotidiano gostoso de se viver. A mala já sabe até o caminho e praticamente se arruma sozinha quando algum feriado está por vir.
Chegando lá é uma alegria só! Como é bom  rever o pedaço caiçara (hahaha) da família. Muitas histórias para contar, muito papo pra por em dia e uns banhos de mar para  descarregar.
Chegando lá não dá mais vontade de voltar...queria ficar lá pra sempre se pudesse, mas infelizmente não dá.
Na hora de voltar dá um aperto no coração...mas ao mesmo tempo alegria de saber que no próximo feriado poderei estar lá de novo vivendo os momentos de descontração e união. Chegando em casa tenho a certeza de que "as aves que aqui gorjeiam, não gorjeiam como lá."


Verão, praia, sol, mar, familia reunida, aqui de perto, os que vem de longe, muita risada e descontração. Como é gostoso esse clima, todos se misturam contando historias...a casa vira uma bagunça só. Mas o mais gostoso é a união a troca de carinho, muitos sentimentos bons a serem compartilhados.